13 de set de 2010

quando nada foi tudo que restou, só quis o início.

(Liliane M. A. Silva)
cerca
cerco
na cerca tive infância
no cerco a morte

letra faz diferença
diferença faz cada um.
sorri
morri
também faz todo mundo.

(Liliane M. A. Silva)

Esquina da noite

Foi noite fria
A que nasci
Em que amei
Na qual morri.

Estrela sem Lua
É gente sem lume
Qualquer beco é caminho
A esquina vira norte.

Sonhar é da noite
Sem lume, sem norte
A esquina vira Lua.

É preciso rolar tempo
Colocar dia na noite.
Estrela se saberá sol
Gente se descobrirá lume
A esquina virará noite.

(Liliane M. A. Silva)