4 de dez de 2006

Nada ao nada?



sobre que não se pode dizer melhor silenciar.
ora direis!!!
melhor: ir às estrelas!
melhor: sobre o que está traduzido nem reparar.
melhor: no que silencia apostar.
melhor: a nada pré-historiar. basta depois contar ao tear.
melhor: ao não poder dizer re-inventar.
pulular de sentidos.