30 de set de 2008

Sistema de Garantia de Direitos - Seminário




este Seminário pauta-se em torno do projeto profissional e a necessidade de aperfeiçoar o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente.
Data: 14/10/2008
Local: Auditório da FAPCOM – Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação
Rua Major Maragliano, 191 – Vila Mariana - São Paulo - SP(Próximo ao metro Vila Mariana)

24 de set de 2008

Ações Culturais em Zonas de Conflito

Antídoto - Seminário Internacional de Ações Culturais em Zonas de Conflito.
Em sua terceira edição, o seminário traz pensadores e atores sociais do Brasil, de Burkina Faso, da República Democrática do Congo, da Índia e de El Salvador.
2 a 23 de outubro

21 de set de 2008

Justiça, adolescência e ato infracional

PALESTRA:

Justiça, adolescência e ato infracional: garantia de direitos e sistema de responsabilização do adolescente autor de ato infracional

Profa Martha de Toledo Machado, Promotora de Justiça e Professora de Direito da Infância e Juventude da PUC-SP

DATA: 24 de Setembro de 2008, quarta-feira, das 14:00 às 16h.

LOCAL: PUC-SP, sala 504, quinto andar.

Coordenação: Miriam Debieux Rosa e Maria Cristina G. Vicentin

Promoção:

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social/Núcleo Violências: Sujeito e política

Universidade de São Paulo/ Instituto de Psicologia/Pós-Graduação em Psicologia Clínica/ Laboratório Psicanálise e Sociedade

Aberta ao Público.

17 de set de 2008

CFP: a questão do uso indiscriminado de algemas

Resposta do CFP à notícia entitulada "PF apela à psicologia para algemar"

Falando Sério: Nenhuma forma de Violência vale a pena

Em matéria intitulada “PF apela à psicologia para algemar” publicada no jornal O Estado de São Paulo de 14 de setembro último, lemos o depoimento de duas psicólogas, pertencentes aos quadros da Polícia Federal, onde afirmam ser justificado o ato de algemar, indiscriminadamente, cidadãos que recebem voz de prisão por agentes da PF. Em que pese o lugar de onde opinam as profissionais- elas próprias parte da corporação policial em pauta- suas idéias e concepções não coincidem com os princípios que orientam hoje o debate da psicologia brasileira em torno do tema da justiça, segurança pública e defesa dos direitos humanos. O Sistema Conselhos de Psicologia ( Conselho Federal e Conselhos Regionais) estão próximos de realizar o II seminário sobre o sistema prisional brasileiro e o papel dos psicólogos. Na pauta ! desse seminário apontamos claramente para a tarefa urgente de tratarmos as políticas criminal, penitenciária e de segurança pública brasileiras como caso de calamidade pública merecendo a preocupação de toda a sociedade. Em nossos cárceres imundos mantemos cerca de meio milhão de seres humanos, preponderantemente jovens e miseráveis, muitos deles sem sentença condenatória e passando por todo tipo de violação de direitos. A violência do Estado, muitas vezes legitimada pela mídia, torna-se recurso natural nas ações de repressão aos atos infracionais.

Ora, algemar sob o argumento de que o estresse torna os sujeitos humanos imprevisíveis é generalizar os fenômenos psicológicos, banalizando sua complexidade. Isso pode acabar por justificar a transformação de uma ação de prevenção em ato de ostentação de força e violência onde o sujeito abordado pode tornar-se vítima de humilhação social. Esse efetivamente não deve ser o papel da PF que tem demonstrado seriedade e cautela nas operações que todos acompanhamos nos últimos tempos. O uso da violência desqualifica sua conduta profissional, perdendo credibilidade social e o respeito dos cidadãos que acreditam nos princípios democráticos.
O Conselho Federal de Psicologia, em sintonia com a campanha das Comissões de Direitos Humanos do Sistema Conselhos de Psicologia, acredita que NENHUMA FORMA DE VIOLÊNCIA VALE A PENA.

Humberto Verona
Presidente do CFP

9 de set de 2008

.

a são joão com ipiranga?
restou brexó.
ficou topa-tudo.
açougue em cada esquina.
é no vão escuro do viaduto
que sonhar ainda faz luz.
só os varais em sacadas encardidas
lembram que viver é todo dia.

do passado, pode restar poesia.

(Liliane M. A. Silva)

.

o dia finda.
multidão
de cor
de som
de gente.
aqui dentro,
só silêncio.

(Liliane M. A. Silva)

túmulos caiados.

lavar os pratos todo dia.
devia.
limpar a casa todo dia.
devia.
quarar a roupa, se tem sol.
aprendia.
fazer comida três vezes ao dia.
se podia.
espanar o amor a cada vez.
para quê seria?
fingir a mentira por covardia.
e quem descobriria?

Senhor dos cada dias,
seguir as regras, no dia a dia.
alguém faria?
assim tão estúpido, quem seria?
que com a boca bem cheia de cuspe virtuoso e podre, levantaria a mão:
eu! eu!
e, pela primeira vez, mentiria.

(Liliane M. A. Silva)

fim.

vivre
lettre
coma
osso
nada
fundo
alma
lama
corda
vento


pés
no ar.

(Liliane M. A. Silva)

ab-sinto

n'alma marcas.
lituras paleontológicas
restos do que morreu
morte mais viva
não apaga o que acabou
não desaparece o que não ficou
borboleta
boi
criança
fogo e céu
lua e flor
tudo ali
morrendo e se escrevendo
vivendo no que se inscreve
restando vivo só ao morrer.
garatujas do ab-sinto.

(Liliane M. A. Silva)

.

cala-te!
não murmures sequer!!
há coisas que só o silêncio fiz.

(Liliane M. A. Silva)

arear

escrever
entreviver
escrever, entrever
se ler
tecer o passadiço
entreter o movediço
não sucumbir
ao escrever.

(Liliane M. A. Silva)

8 de set de 2008

Saúde Mental e Educação


I Encontro Saúde Mental e Educação: o espaço do professor. Políticas, Ações e reflexões.

O presente evento integra as atividades comemorativas dos 90 anos da Faculdade de Saúde Pública da
Universidade de São Paulo. Nesse contexto, o Laboratório de Saúde Mental Coletiva (LASAMEC) do Departamento de Saúde Materno-infantil busca manter um estreito compromisso com a Saúde Pública Brasileira; com esse objetivo congrega profissionais pesquisadores em diversas áreas da atenção em Saúde Mental Infanto-Juvenil.

Local: Faculdade de Saúde Pública da USP. Avenida Dr. Arnaldo, 715. Sala Paula Souza.

Data: 19 de setembro de 2008; sexta feira.

8hs às 16hs.
Informações e inscrições gratuitas no site www.fsp.usp.br